CASTELO ONDE TE SONHO POESIA

CASTELO ONDE TE SONHO POESIA

domingo, 1 de junho de 2008

dia de ser criança, hoje e sempre




No acto de ser criança

vivo na terra dos sonhos
onde o olhar é uma dança
nos palácios da infância.

As vozes do presente
aqui, livremente vivas
no mar do teu sorriso
entre risada, desvelado

quero sonhar ao teu lado
solícito, salvo no sorriso

vivo na terra dos sonhos.

6 comentários:

Clecia disse...

Oi! Amei sua visita e comentários lá no Mar Azul. Espero que volte outras vezes. Sobre seu post: quem não tem saudades de ser criança, não é mesmo? Não devemos nunca deixar a criança morrer dentros de nós. Devemos guardar sempre um pouquinho dela. Um abraço e boa semana!

Luisa disse...

Bom dia PJ!

Bom inicio de semaninha e tudo e tudo e mais e mais:)

Que poema lindo dedicad ás crianças...
Essa alma de poeta coma tranquiilidade do Alentejo é linda!
Beijinhos
Luisa

Coragem disse...

Eu não sou criança, mas ainda vivo na terra dos sonhos :)))

Beijito

Pjsoueu disse...

Clecia:
É verdade.Devemos sentir saudade do tempo de criança. Mas considero que em nós tem de haver esse sentido do riso da pureza dos sentimentos, qual criança.

bjs volte sempre!

Pjsoueu disse...

Luisa, mt obrigado.
a minha alma alentejana leva-me a sonhar a vida com os olhos bem despertos na imensidão da planicie calma dos sentimentos.

beijinhos

Pjsoueu disse...

Coragem:

Gentil comadre, claro que vives na terra dos sonhos. O teu coração palpita de emoção perante o sonho de viver coisas lindas.

Acredito que:- Coisas que o Olho não viu nem o ouvido ouviu é o que o Divino tem preparado pra quem vive assim o amor em cada circunstância ou nas variadas etapas da vida:)

sempre considerando, um beijo de ternura para minha comadre,,,