CASTELO ONDE TE SONHO POESIA

CASTELO ONDE TE SONHO POESIA

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Poema: Avulso

Versos de ternura- Avulso -....



Gosto de rir ao escutar-te

Gosto de sorrir e lembrar-te

Gosto do que dizes no silêncio

Gosto quando rimos juntos

Gosto de amuar com abraços

Gosto de abraçar d`amuamento

Gosto dos beijos quando vejo

Gosto do que sinto e te beijo

Gosto de ser eu, um em ti

Gosto de amar e sorrir :)

Gosto de fazer te feliz

Gosto de ti, porque gosto.
*
*
*C
*PjCondePaulino

3 comentários:

Cecília Almeida disse...

Quando se gosta é mesmo assim...gosta-se e ponto ;)
Lindos estes versos avulso.
Beijo docee

marilu disse...

Já pensei dar-te uma flor, com um bilhete, mas nem sei o que escrever.
Sinto as pernas a tremer, quando sorris p'ra mim, quando deixo de te ver.
Vem jogar comigo um jogo, eu por ti e tu por mim.
Fecha os olhos e adivinha, quanto é que eu gosto de ti.

(Refrão)

Gosto de ti, desde aqui até à lua.
Gosto de ti, desde a Lua até aqui.
Gosto de ti, simplesmente porque gosto.
E é tão bom viver assim.

Ando a ver se me decido, como te vou dizer, como hei-de te contar.
Até já fiz um avião, com um papel azul, mas voou da minha mão.
Vem jogar comigo um jogo, eu por ti e tu por mim.
Fecha os olhos e adivinha, quanto é que eu gosto de ti.

(Refrão)

Gosto de ti, desde aqui até à lua.
Gosto de ti, desde a Lua até aqui.
Gosto de ti, simplesmente porque gosto.
E é tão bom viver assim.

Quantas vezes eu parei à tua porta.
Quantas vezes nem olhaste para mim.
Quantas vezes eu pedi que adivinhasses.
Quanto é que eu gosto de ti.

(Refrão)

Gosto de ti, desde aqui até à lua.
Gosto de ti, desde a Lua até aqui.
Gosto de ti, simplesmente porque gosto.
E é tão bom viver assim.

Lu disse...

Bueno y enamorado!

É tão bom quando amamos as coisas simples do outro; os defeitos e as qualidades; quando gostamos da pessoa como ela é...

Abraços!