CASTELO ONDE TE SONHO POESIA

CASTELO ONDE TE SONHO POESIA

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Menino do Tempo - tic tac...tic

Tic tac, tic tac...Tic de Esperança



Tic tac, tic tac , tic tac, tic tac ... tic

os meus olhos balançando ao ritmo

do relógio de pêndulo, tão "certinho...


Inclino a cabeça para ver o menino

pequenino; deve estar lá, no relógio

tic tac, tic tac, tic tac, tic tac... Tic

a estalar a língua para me ouvir dizer:

que bonito menino as horas sabe dizer...


Mas a mim não me engana, na semana

aprendi, que afinal, relógio não é gente

mas a semente, do principio do tempo

onde, o Pai do tempo lhe mandou dizer

tic tac, tic tac, tic tac, tic tac... Tic


Quando eu era menino via como menino

agora, mais velho, quero ver o menino

a estalar a língua para me ouvir dizer

que bonito menino as horas sabe dizer...


Sei que o Pai do tempo lhe mandou dizer

tic tac, tic tac, tic tac, tic tac... Tic


O tempo não tem tempo para fazer

o que nós homens devemos dizer, viver

usando o amor a verdade em esperança

contando o tempo com fé e confiança...


No ritmo do coração de amor vou dizer

tic tac, tic tac, tic tac, tic tac... Tic

que bonito menino as horas já sei dizer

tic tac, tic tac, tic tac, tic tac, tic tac, tic..

...tic tac

Pj




18 comentários:

Luísa disse...

Tic tac Tic

Que lindo texto Compadre!

UM GANDE XI KERAÇÂO PARA O MÊ RICO COMPADRE!

meu cantinho disse...

TIC TAC TIC TAC
Tic-Tac, Tic-Tac faz o relógio meio baralhado...
Sonoramente faz passar cada segundo especial, cada minuto triste e cada hora de felicidade,
Suavemente conta os dias que já passaram e aguarda os que por aí virão...
Tic-Tac, Tic-Tac... o relógio mostra-nos que deixámos de ser crianças e que a vida dá voltas e voltas... Somos adultos!

beijos :)

Pjsoueu disse...

Luise::)

Tic Tac tic tac ..lol o tempo não parou mas eu vou..dar-te o meu abraço envolto no ósculo santo...lol

minha comadri alfacinha um beijo para si e su menina:)

Pj

Pjsoueu disse...

meu cantinho:

Amiga Paula, tic tac tac....estamos mais velhos? nâ parece...lol estamos mais traquinas do que no principio do tempo...lol

beijos do Pj

Borboleta disse...

tic tiac, o tempo pode passar mas nós só temos que o saber usar ;o)

Tens um selo no meu blog

Beijos

Daniel Silva (Sair das Palavras) disse...

Um texto que leva à infância :) Tão bonito :)

Pjsoueu disse...

Borboleta:)

Querida amiga, obrigado pela oferta do selo; é uma honra.
Tic tac, vamos usar e abusar do tempo para sermos mais felizes:)

beijos do Pj

Pjsoueu disse...

Daniel Silva:

Obrigado pelo comentário e pela sua presença neste nosso espaço..

Que o tempo seja uma constante na área da felicidade para si e família

abraço - Pj

mundo azul disse...

__________________________________

L I N D O !!!

Quanta emoção senti nesse poema...


Beijos no coração!

___________________________________

Pjsoueu disse...

mundo azul...

Zélia, é sempre um prazer imenso recebê-la neste nosso espaço...

brigado; Quando a visito tb me emociona por todos os textos onde acontece poesia d"um jeito único: - o seu:)


beijos - Pj

segredo disse...

ei! k sejemos sempre meninos pa podermos ver as coisas com olhos de ciança e sentir com a intensidade com k elas sentem!
Beijinho de lua*.*

Pjsoueu disse...

Segredo:)

Sim, sim; sempre meninos na alegria de viver a vida sem preconceitos com o olhar brilhante de expectativa...

beijoss do Pj

Clecia disse...

Oi,amigo! Gostei do poema! Bem criativo! Bjos e um lindo fim de semana!

kris disse...

o tempo ...grande amigo :)

bonito texto...

obrigado pelas tuas palavras de carinho.

beijo*

Paula disse...

Gostei do seu blog, bem e como tbm sou alentejana entendi nas entrelineas...faça-me uma visita tbm. veja os "Desabafos de uma alma"
Um bom fim de semana.

Paula

Pjsoueu disse...

Clecia:

Gosto de ti porque gostas de gostar na beleza do existir:)
beijos do Pj

Pjsoueu disse...

Kris:)

Obrigado por existires, assim tão amável na criatividade de quem sabe amar a vida:)

beijos , Pj

Pjsoueu disse...

Paula:

Que prazer saber que na tua alma alentejana existe a poesia do amor vivido na vida onde os afectos são pérolas na preciosidade que vive em ti:)

beijos do Pj