CASTELO ONDE TE SONHO POESIA

CASTELO ONDE TE SONHO POESIA

sábado, 19 de abril de 2008

- Quando o bebé chorou...

Foi o choro de um bebé, forte, agudíssimo, que ressoou por toda a clínica. Um pranto que se introduziu nos ouvidos incrédulos e horrorizados do médico Mats Wactel, de Karlstad, Suécia, e um choro que deixou geladas as enfermeiras assistentes

É natural e necessário que um bebé chore ao nascer; é musica para a mãe e para os que atendem ao parto. Porém quando esse grito brota de um feto de dez semanas de gestação, e sai de um balde de lixo, não é musica. É algo horripilante. A partir desse momento, o médico Wacktel renunciou à prática abortiva.

O aborto converteu-se numa industria produtiva. Como tudo neste mundo controverso, acaba por se transformar num negócio, do desporto à arte, da política à religião, o aborto de bebés converteu-se infelizmente, numa indústria que movimenta milhões.

Ninguém nega que uma gravidez indesejada poderá ser um grave problema económico, moral e psicológico´. Para muita gente o aborto é uma forma rápida de livrar-se de uma carga. Não se resolvem os problemas com o "Infanticídio.

Existiram já demasiadas matanças neste século que se jactava de ser o mais científico e evoluído de todos. A história conhece os genocídios e as hecatombes da Rússia, China, Alemanha, África, etc., sob regimes totalitários. Este Século das luzes é sem duvida outro feito de sangue.

Terá a humanidade que continuar a matar seres humanos? Certamente que não. Como seres humanos, inteligentes devemos dizer sim há vida, não importam os sacrifícios egocêntricos e materialistas que assolam, qual epidemia, o mundo em que vivemos.


2 comentários:

Coragem disse...

SINCERAMENTE ««Sem máscara de cêra»» Não creio nessa história, perdoe a minha franqueza, sou igualmente contra a pratica de aborto, mas essa história??????
Não sei não.
Beijinho

Pjsoueu disse...

Coragem:
A historia que conto, foi largamente difundida na comunicação social,internacional, como algo extremamente único e admirável pelo inesperado confrangedor e terrivelmente arrepiante.O acontecimento foi testemunhado pela Clínica e comprovada pelo testemunho do bem conhecido, (agora nos Estados Unidos)médico Mats Wactel.

Querida Coragem, eu não invento histórias,( só na ficção).
Acredito que muitas coisas acontecem...e nunca são por acaso.
Agradeço a sua franqueza,Beijinho